quinta-feira, 2 de julho de 2009

Reviews: DMG - Vitória


Quando soube do título deste álbum a primeira pergunta que me veio a cabeça foi, “Sera? Vitória é um título muito ambicioso”, e lá fui eu ligar o botão que dizia “play”.
Logo na primeira faixa o “Analisado” explica-nos a vitória dele, um bom beat diga-se, 7Cruzes tratou de comandar o início desta viagem que já já vos conto.
DMG foi excelente nas escolhas para o álbum. Produtores lendários, convidados de elite, campanha promocional cativante com um vídeo também fora do normal e bom, e tudo isso já se notava antes mesmo de escutar o álbum. Faltava apenas escutar o caril que surgiu de todos estes ingredientes juntos numa caixa de CD desenhada por gente que não vale à pena mencionar(hehehehehehe)que custa 200 meticais (se não me engano) com um CD com 15 faixas dentro...resultado? Bom caril este!
Logo à seguir ao Intro que é uma daquelas músicas que te faz aumentar o volume para ouvir o resto, somos presenteados com “Hot”, o tipo mostra-nos o que é uma festa das boas, com Bacardi e tudo mais e com a excelente Odete nos coros (uma voz que é já conhecida, mas não famosa, a lendária corista de “Vidas positivas” de Mr. Arssen, uma voz que realmente merece palmas) a daBomb é a orquestra, é só dançar! Ainda vamos na segunda faixa já nos parece que podemos classificar o album, mas o DMG não fica por festas e amor ao Hip Hop apenas, o rapaz se declara com ajuda do Ace Nells, mostra que tem amor para dar e que não ignora o sex appeal da coisa em “Calor da Noite”.



Letras simples, abordagem natural (sem mentiras que representam uma vida que não é a dele), uma habilidade que considero aceitável com as palavras, mas que por vezes deixa-nos sem perceber o que ele quis dizer por causa dos elementos “Delivery” e “Dicção” que são fracos as vezes. Fiquei com a impressão de querer mais talento por parte dele a repar, temos altos e baixos nos skills do nosso réu mas no final do dia não se salta nenhuma música por isso e temos a certeza que no próximo assalto ele nos irá convençer a 100%.

DMG fez um album completo (coisa muito difícil nos dias que correm), há de tudo aqui, músicas para rádio, para discotecas, para as ruas, e o melhor de tudo é que todas elas podem-se escutar em casa por um bom tempo. Vai-se do calmo ao agressivo, do comercial ao puramente underground (perceba-se correctamente underground, que não se confunda com Hard Core). Temos aqui um leque de convidados muito recheado, vamos de cantores como Ace Nells, Juty, Herminio, Odette, Isabel Novela, à rappers como Real Vice, Azagaia, Simba, Iveth, Hernani, Cold Man, os angolanos Negro Bué e Boy G, uma verdadeira festa de artistas. Os temas são vários e todos eles com a sua devida importância, mas fiquei tocado com a perfeição de um dos sons, Dia Para Esquecer com Isa Novela, fantástico!


Resumindo, este é um album completo, diversificado, cheio de convidados de peso (cheio mesmo, dá a impressão que faltam mais sons sem colaboração, apenas DMG), os beats estão no ponto e o DMG esteve lá. Bom, muito bom.

Opinião do Gee.

7.5/10

6 comentários:

  1. bem, acompanhei o crescimento deste projecto "Vitória" e o produto final supreendeu-m pela positiva e para quem ja teve oportunidade de ouvir os trabalhos de DMG de certeza notou que ele revela uma margem de evolução boa.
    Dmg está de parabens.

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pelo review, principalmente pela sinceridade, em dizer o que não está muito bom...isso é raro, muita gente limita-se a elogiar, tirando valor à propria opinião de quem escreve.
    Devo confessar que nunca havia ouvido falar no DMG até ver o video "Só tú". Bem, o video, a música com a participação do Ace Nells, não podiam deixar melhor impressão. Depois comprei o CD cujo conteúdo deixou-me agradavelmente surpreso, é que são poucos que conseguem ter mais de 3 ou 4 músicas boas num mesmo CD, dá para perceber que houve muito trabalho. Parabéns e muita força ao DMG.

    ResponderExcluir
  3. Esse Gringo é mesmo muito humilde... O gajo fez toda a review e nem fez questão de mencionar que foi ele quem fez a capa e alguns beats (se a memória não me falha).

    ResponderExcluir
  4. Contam-se com os dedos da mão os rappers k já lançaram 1 album em Moz, Ele consiguiu e temos k respeita-lo por isso... Seria mng nice se pelo menos metade dos rappers tivesse esse tipo de atitude, O nigga tá de PARABÉNS!!!

    ResponderExcluir
  5. Fico feliz que tenhas gostado de um dia p'ra eskecer foi um tema feito com sentimento :-), o album e mesmo fixe, mas como mencionaste falta mais o DMG sozinho e espero k nos proximos albuns isso aconteca.
    Parabens pelo review.

    Parabens ao DMG pela vitoria e foi um prazer dividir um som com ele.

    Isabel Novela

    ResponderExcluir