sábado, 16 de maio de 2009

Reviews da Backup


Amigos, vamos agora dar início a uma nova página na história do nosso blog. Nos últimos anos o n.º de álbuns de música lançados, subiu muito, isso é óptimo. Mas até que ponto para nós esses álbuns são bons? Tá claro que a opinião e relativa, o que para nós é bom pode ser a pior coisa para outros. Nessa ordem de ideias, nós como fãs incondicionais de música, decidimos fazer os nossos “Reviews” as nossas análises e classificações dos álbuns. Vamos dar a nossa opinião sobre tudo o que escutarmos de acordo com as nossas maneiras de ver e ouvir os álbuns. Não pretendemos desmoralizar nem escovar ninguém, queremos sim, dizer o que achamos, com total imparcialidade. A nossa opinião é a nossa opinião, pode agradar ou não mas é a nossa opinião. Não queremos que ninguém fique com alguma mágoa ou sentimento parecido por nós não acharmos os álbum bom. O que iremos postar aqui, é altamente imparcial repito.

Iremos fundo nas nossas análises e classificações, a classificação será sempre justificada pela análise. Daremos sempre que possível o nosso parecer não só e termos de crítica mas também em termos de solução. A classificação varia de 1 á 10, 1 é um álbum que não precisa nem ser pensado, 10 é uma obra para ficar na história. Os nossos critérios de avaliação são vários, só para citar: a letra, capacidade lírica, habilidade com rimas, abstracção, habilidade ao repar, estilo, delivery, produção, encaixe da letra na produção, criatividade, mistura, masterização, capa e por aí em diante. De início, iremos fazer reviews de álbuns de Rap, Soul e R&B de Moçambique e do mundo.

Como já muitos álbuns que merecem uma análise foram feitos, iremos também recuar no tempo e analisar o que passou. Estamos a falar de álbuns como “Era Uma Vez” da DRP, “Babalaze” de Azagaia, “Atenção Desminagem” da extinta Kandonga, “Mic Check” de Point Blank, Dama do Bling...e por aí em diante. Feitas as apresentações, nada mais nos resta senão dar por aberta a época das Reviews da Backup!

Um comentário:

  1. Clap clap clap!
    Tá'í uma ideia fixe, poucas coisas podem ser mais frustrantes que comprar um cd e encontrar apenas uma música que "presta"...mas tb é preciso valorizar o k é bom...força...

    ResponderExcluir